Atestado Médico (MEDIF)

Confira em quais situações você deve portar um
atestado médico, ou enviar um antecipadamente.

Mais informações

FREMEC

Confira se você pode solicitar um para facilitar
a sua viagem

Mais informações

Confira informações sobre formulários médicos exigidos, equipamentos a bordo, entre outras

 

No caso de algumas doenças agudas (cardiorrespiratórias, AVC, entre outras), infectocontagiosas ou genética, cirurgias, lesões provocadas por acidentes ou condições crônicas, é preciso obter uma autorização prévia da equipe médica da GOL para viajar. Por isso, contate o nosso atendimento para saber quais documentos e formulários devem ser providenciados antes do embarque.

Reforçamos ainda que todo passageiro com lesões visíveis para leigos deve apresentar um atestado médico informando a ausência de risco para contágio, um procedimento que visa garantir a segurança e saúde dos viajantes a bordo prevenindo a disseminação de doenças.

Acompanhantes de passageiros com necessidade de assistência especial

Caso haja a necessidade, a GOL oferece ao acompanhante desconto de 80% na passagem aérea. O acompanhante deve ser maior de 18 anos e capaz de oferecer assistência ao passageiro com necessidade especial durante todo o voo. Esse desconto será aplicado após o preenchimento e aprovação dos formulários MEDIF ou FREMEC.
Confira as informações a seguir:

MEDIF

Algumas doenças podem ter suas condições agravadas dentro do avião. O MEDIF é um formulário com informações médicas utilizado pelas companhias aéreas do mundo inteiro. Ele deve ser preenchido pelo médico do passageiro e enviado à GOL no prazo estipulado de acordo com o tipo de necessidade especial. A equipe médica da GOL, após análise criteriosa do formulário, emite um parecer que certifica a aptidão ou não do passageiro realizar a viagem aérea. Caso exista alguma dúvida em relação ao preenchimento do MEDIF, assim como a necessidade de exames adicionais, eles poderão ser solicitados, sem ônus para a GOL.

Maca a bordo

Se a sua condição de saúde não permite que você viaje sentado ou com o encosto na posição vertical, a GOL oferece um serviço de transporte em maca. Para solicitá-lo, é preciso enviar o formulário MEDIF (até 72 horas antes do voo, de acordo com a resolução 280), que será avaliado pela nossa equipe médica.

Oxigênio a bordo

Os passageiros com problemas cardíacos e/ou respiratórios e que necessitam de oxigênio suplementar a bordo devem nos enviar o MEDIF 72 horas antes da viagem.

Informamos que o serviço de oxigênio GOL é para uso restrito dentro das aeronaves. Se houver necessidade de uso do oxigênio na sala de embarque, conexões e desembarque este deverá ser providenciado pelo passageiro/responsáveis.

Informamos que este serviço tem um custo de R$ 900,00 (novecentos reais) referente ao serviço de oxigênio por trecho utilizado, mais pagamento adicional de um assento extra com desconto de 80% da tarifa paga pelo PNAE, o qual deverá ser informado ao Cliente no momento da reserva, conforme indicado na Res. 280 ANAC. (CAPÍTULO I Art. 8º § 3º II - oferecer desconto de, no mínimo, 80% (oitenta por cento) no valor cobrado pelo excesso de bagagem, exclusivamente para o transporte de ajudas técnicas ou equipamentos médicos indispensáveis utilizados pelo PNAE.)

Atenção: para uso de oxigênio a bordo são necessários exames de saturação de oxigênio em ar ambiente e hemoglobina recente.

Embarque com Concentrador Portátil de Oxigênio (CPO)

Se você precisa embarcar com um Concentrador Portátil de Oxigênio (CPO), entre em contato, antecipadamente, com a nossa Central de Relacionamento pelo 0800 704 0465 para que possamos nos preparar e autorizar o seu embarque. Recomendamos que o contato seja realizado a partir de 15 dias e respeitando o prazo mínimo de 72 horas antes do voo.

O equipamento pode ser embarcado como bagagem de mão, sem cobrança de taxas ou excesso de bagagem, desde que as condições de transporte desse equipamento sejam cumpridas.

  • Você deve enviar o formulário de informações médicas (MEDIF), até 72 horas antes da saída do seu voo, para avaliação antecipada da Equipe Médica da GOL.
  • Você deve ser capaz de ouvir eventuais alarmes do CPO, ver indicadores luminosos e reagir de acordo. Caso não consiga perceber esses sinais provenientes do equipamento, é preciso viajar com um acompanhante que seja capaz de ver e ouvir os alarmes.
  • O CPO pode ser utilizado durante a viagem desde que atenda às medidas e características de uma bagagem de mão. Você pode levá-lo durante todo o voo no seu assento ou debaixo do assento a sua frente, seguindo as orientações para acomodação de bagagem de mão. Se tiver de ser guardado no compartimento superior do avião, o aparelho deverá ser desligado e o uso interrompido durante a movimentação da aeronave, assim como durante a decolagem e a aterrissagem.
  • Para utilizar o CPO durante o voo você deverá reservar um assento localizado na janela. Esse assento não poderá ser nas primeiras fileiras ou nas saídas de emergência.
  • Você pode usar o CPO ao se movimentar pela cabine, desde que o aviso “afivelar cinto de segurança” não esteja aceso.
  • O CPO não pode conter óleo, graxa ou outros derivados de petróleo, bem como deve estar em boas condições e sem danos ou desgaste excessivo.
  • Se você for fazer o uso do CPO durante o voo, não é permitido que viaje com animais na cabine*.

* Será permitido o embarque de cães-guias ou cães-ouvintes para todos os destinos operados pela GOL, desde que estejam acompanhando pessoas com deficiência. Cães de acompanhamento emocional são permitidos para voos com origem ou destino aos EUA e Cancún.

Esse serviço está disponível apenas para voos operados pela GOL. Se houver voos compartilhados com outras companhias aéreas, você deverá revisar as condições diretamente com as empresas envolvidas na sua viagem.

Os dispositivos podem ser usados a bordo, desde que você tenha uma fonte de energia independente (bateria) que esteja de acordo com as exigências da GOL:

  • As baterias adicionais devem estar totalmente carregadas para alimentar o seu equipamento por, no mínimo, 150% do tempo de duração total do voo, considerando o tempo de escalas, conexões e incluindo atrasos e/ou imprevistos.
  • As tomadas da aeronave não podem ser utilizadas para uso e carregamento do CPO.
  • O cliente pode transportar até duas baterias de reposição (íon lítio), desde que não exceda 160 Wh.
  • Nenhuma bateria avulsa pode ser transportada como bagagem despachada, apenas como bagagem de mão.
  • As baterias devem estar em boas condições e embaladas de forma individual para evitar o contato entre si.
  • AirSep Focus
  • AirSep FreeStyle
  • AirSep FreeStyle 5
  • AirSep LifeStyle
  • Delphi RS-00400
  • DeVilbiss
    Healthcare iGo
  • Inogen One
  • Inogen One G2
  • Inogen One G3
  • Inova Labs LifeChoice
  • Inova Labs
    LifeChoice Activox
  • International Biophysics
    LifeChoice
  • Invacare Solo2
  • Invacare XPO2
  • Oxlife Independence
    Oxygen Concentrator
  • Oxus RS-00400
  • Precision Medical
    EasyPulse
  • Respironics EverGo
  • Respironics SimplyGo
  • SeQual Eclipse
  • SeQual eQuinox Oxygen
    System (model 4000)
  • SeQual Oxywell Oxygen
    System (model 4000)
  • SeQual SAROS
  • VBox Trooper
    Oxygen Concentrator

Caso apresente um modelo diferente no embarque, o concentrador portátil de oxigênio deve conter uma etiqueta ou manual do fabricante que declare que o equipamento é adequado para o transporte a bordo de aeronaves.

Após a avaliação da Equipe GOL, caso o Concentrador Portátil de Oxigênio (CPO) não atenda aos requerimentos para o embarque, o reembolso integral da passagem pode ser solicitado.

FREMEC

Caso a sua condição de saúde seja crônica e estável – e você seja um cliente frequente em nossos voos –, sugerimos o preenchimento e o envio do FREMEC para análise da equipe médica da GOL. Após a aprovação do formulário, é emitido um cartão (com prazo de validade pré-determinado) para você usar nas viagens.

Equipamentos médicos e medicamentos

Alguns equipamentos médicos têm o embarque autorizado como bagagem de mão, mas sua utilização a bordo está proibida, como nebulizadores e inaladores. Já equipamentos de uso imprescindível, como marcapassos e bombas de infusão de medicamentos contínuos, são permitidos.

No caso de agulhas e seringas a bordo, o transporte é autorizado desde que o cliente tenha em seu poder medicamentos com etiquetas profissionalmente impressas que identifiquem o remédio, o fabricante ou a indústria farmacêutica, além de receita médica.

Medicamentos podem ir na bagagem de mão, também acompanhados de receita médica. Aconselhamos você a pedir a seu médico uma receita adicional e, se necessário, providencie uma no idioma do país de destino. É sempre bom ter à mão o relatório do seu médico para apresentar às autoridades de segurança aeroportuárias.

Alguns medicamentos, como insulina, precisam de transporte adequado. Por isso, entre em contato com o laboratório fabricante para se informar sobre o acondicionamento adequado durante a viagem. Mas, atenção: A GOL aceita até 2,5kg de gelo seco para conservar medicamentos como bagagem de mão e despachada.

Cirurgias recentes

Se você fez uma cirurgia a menos de 30 dias da data do embarque, precisa nos enviar o MEDIF (até 48 horas antes do voo, veja acima) para análise da equipe médica da GOL.

Animais de Assistência Emocional (ESAN)

Pessoas que necessitam de atenção especial por sua condição emocional e psiquiátrica, podem viajar com seu cão de acompanhamento. A GOL disponibiliza esse serviço somente para voos com origem ou destinos aos Estados Unidos. Clique aqui e saiba mais.

  • Compartilhe